Conheça o nosso litoral

João Pessoa

Farol do Cabo Branco

Situado na Ponta do Seixas, ponto extremo oriental do continente americano, com longitude 34º 47 38 oeste e latitude 7° 9 28″ sul, o Farol do Cabo Branco foi construído para sinalizar aos navegadores o rumo certo ao litoral paraibano, mas se tornou um dos principais pontos turísticos da cidade por proporcionar uma vista exuberante do Oceano Atlântico.

De seu mirante o turista pode visualizar grande parte das praias pessoenses, à esquerda, Cabo Branco, Tambaú, Manaíra e Bessa e, à direita, Penha, Seixas e Costa do Sol. Uma vista que permanece na lembrança de todo o visitante, de onde se pode ver a transparência das águas e sentir a brisa do mar.

Ponta do Seixas

Conhecida como o ponto mais oriental das Américas, a Ponta do Seixas está localizada a praia do Cabo Branco e a do Seixas, a 14 km do centro de João Pessoa. Dos pontos extremos brasileiros, este é o único ponto que é ao mesmo tempo o extremo do país e do continente.

Os turistas que visitam a Ponta do Seixas, costumam relatar o quanto é interessante sentir que, naquele momento, é o habitante que está em posição mais avançada na costa do continente, tendo a sua frente apenas a imensidão e a beleza do oceano Atlântico.

Parque Solon de Lucena

O parque Solon de Lucena, também conhecido como Lagoa, é uma das marcas registradas de João Pessoa. Situado no centro comercial da Capital, o Parque é circulado por centenárias palmeiras imperiais, ipês amarelos a acácias, árvores símbolo da cidade. Em seu centro existe uma fonte luminosa, que durante as noites, dá brilho ao local.

Centro Histórico

Em 5 de agosto de 1585, é fundada a cidade Filipéia de Nossa Senhora das Neves, atual João Pessoa. A cidade teve origem às margens do Rio Sanhauá e ao longo dos anos, parte da história de João Pessoa ficou conservada da arquitetura de seus antigos casarões, hotéis, igrejas e praças.

O clima saudosista impera no Centro Histórico de João Pessoa, onde se pode destacar as antigas construções do Hotel Globo, Igrejas de São Pedro Gonçalves, de São Bento (antigo Convento), do Carmo, com o Palácio Arquidiocesano, (foto) e a Catedral Metropolitana. Olhar o pôr-do-sol na sacada do antigo Hotel Globo, agora transformado em centro de artes, proporciona ao visitante uma verdadeira aula de poesia e beleza.

Cabedelo

Camboinha

No verão, a praia de Camboinha, no município de Cabedelo, é uma das melhores alternativas para aproveitar a estação. Badalada, a praia satisfaz quem procura diversão e também quem está em busca de descanso e contato com a natureza.

Nos finais de semana, Camboinha fica lotada, principalmente de pessoas que se deslocam do interior do Estado. A população de Campina Grande, por exemplo, é presença marcante no local. O acesso é feito pela BR 230 (Estrada de Cabedelo).

Também vale destacar, que é no mar azul e de águas transparentes da praia de Camboinha, que está localizada a ilha de Areia Vermelha, outro importante ponto turístico.

Forte de Cabedelo

Situado no município de Cabedelo, a 18 Km de João Pessoa, o Forte de Cabedelo representa mais uma opção de lazer para quem visita a Paraíba, garantindo um passeio inesquecível pela história da nossa colonização.
A fortaleza começou a ser erguida em 1585, estrategicamente à margem direita da foz do rio Paraíba, para servir de apoio para os navios da coroa portuguesa, além de impedir os ataques indígenas, bem como invasões francesas e holandesas. A sua forma atual, com 2 bastiões e 4 pontas, é datada em 1698 e até hoje guarda parte dos canhões usados nas batalhas.

Durante as férias, o Forte de Santa Catarina, como também é conhecido, se torna um dos pontos mais visitados pelos turistas, recebendo cerca de 300 pessoas por dia. O passeio é guiado por jovens da comunidade que foram treinados para contar os pontos mais marcantes da história do local.

Areia Vermelha

A ilha de Areia Vermelha é um verdadeiro cenário paradisíaco que emerge durante a maré baixa, encantando moradores e turistas que visitam o litoral norte. Com seus corais e piscinas naturais, de águas mornas e transparentes, a área é ideal para banho, mergulho e prática de esportes náuticos.

A coloração avermelhada do banco de areia que a forma, deu nome a ilha que tem dois quilômetros de cumprimento por um de largura, na altura da praia de Camboinha, em Cabedelo, Nos corais que a cercam, é necessário prudência para evitar acidentes, bem como preservar a área.

Da praia do Poço e Camboinha, partem barcos que levam os visitantes à ilha em um trajeto com extensão aproximada de 1 km. No verão, Areia Vermelha chega a receber mais de 2.000 barcos por fim de semana. Os turistas recebem orientações de como proteger e preservar os recursos naturais do local, no intuito de garantir a integridade da paisagem.

 

Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos com promoções e lançamentos.

 

Copyright © 2016 OCA Construtora.
Todos os direitos reservados.

BR230 - Km 12, n° 11034
Empresarial Casa Nova Center Sala 103 - 1° andar

FALE COM A OCA